A decepção depois da declaração - #contosencontrados

by - 20:51

A passarela da vida

Logo após a entrevista para a TV, comecei a receber muitos convites para desfiles. Adonis passou a cuidar pessoalmente dos meus trabalhos porque me tornei a modelo mais requisitada da agência. Não demorou para que eu começasse 
a ter um padrão de vida melhor. Comprei casa, carro e ajudei ainda mais minha família. " Você é um sucesso. Estou muito orgulhosa da minha caçula!, falou mamãe no dia em que ilhe dei um vestido caro.
Nesse meio-tempo, Felipe me levou várias vezes para comemorar os novos contratos. Depois dos jantares regados a champanhe, íamos para o flat de sempre. Fazíamos amor intensamente mas, depois que ele atingia o clímax, sempre agia de um jeito estranho: ia tomar banho em silêncio e me apressava para ir embora. assim: sem beijo ou romance.
Acordei naquela manhã de quinta-feira decidida abrir meu coração para ele e revelar que estava apaixonada. Assim deixei mais uma sessão de fotos, passei em uma butique e comprei as lingeries mais sexy que poderia vestir.
Na hora do almoço, fui a uma loja comprar um perfume para ele. Me sentia tão excitada e feliz que nem notei que Felipe estava sentado em uma lanchonete ao lado de uma loira, gordinha e de cabelos lisos até a cintura. Sem conseguir acreditar no que via, fiquei observando. "Não a beije,por favor...". murmurava a mim mesma. Mas minha profecia se concretizou e os dois começaram a se beijar. Apesar da distância, consegui ver a língua de Felipe entrando e saindo da boca daquela garota. As mãos que tantas vezes haviam me tocado agora alisava as costas dela. Eu mal podia acreditar no que via. "Desgraçado...", disse aos prantos.
"Vamos, gata, sorria..." dizia o fotógrafo na sessão de fotos que fiz na mesma tarde do flagra. Eu não conseguia me animar. O maquiador gastou uma tonelada de corretivo para disfarçar as olheiras. Finalmente, esbocei um sorriso e fiz o trabalho. mas a vontade era de morrer...
Liguei para felipe. Sim, eu não resisti e fiz um telefonema para o homem que eu amava. Assim que a ligação caiu na caixa postal, fiquei pior. Não falei nada e desliguei. Uma hora depois, ele me ligou. "Tudo bem, Kátia? Temos um desfile amanhã. Esteja preparada", falou. Eu esperava uma desculpa ou declaração de amor. Como ela não veio passei a chorar copiosamente. " O que foi?", me perguntou, indiferente. Eu respirei fundo e declarei: "Eu amo você!". um silêncio terrível tomou conta da ligação. Finalmente, Felipe falou: " Acho que você confundiu as coisas, Katia..."

Autora: Camila Nunes
Conto retirado da Revista Viva

E você, gostou desse tipo de post e também tem histórias para compartilhar? mande seu e-mail para: contatosamadarkinte@gmail.com com o titulo do e-mail #contosencontrados. Seu conto pode aparecer aqui no blog.
Beijos Amores!

You May Also Like

0 comentários

Quero muito sabe o que você achou, não vai antes de me contar viu!