#avidadeba - Hoje vai ser assim-poesia

by - 00:53

Estava outro dia conversado com um rapaz, de meu ciclo pessoal, sobre o comportamento dos casais de hoje, principalmente sobre as posturas preconceituosas e estereotipadas que envolvem nossa sociedade. O mais incrivél dessa conversar foi vê a reprodução desses ideais em uma pessoa que aparentemente já devia estar esclarecida sobre esse determinado assunto. 
É simplesmente assustador e deprimente ouvir certas coisas. Até mesmo para mim uma menina de 20 e poucos anos, criada por uma família que hoje possui nove mulheres, que aprenderam desde cedo, a se respeitar e a cuidar de se mesma, independente das intempéries que a vida possa apresentar. Essas lições se aprende desde cedo, é o tipo de coisa que não se ganha, muito menos de um homem. Acredito eu, erro que muitas ainda insistem em acreditar.

Depois dessa tal conversa, fiquei desconfortável, irritada e sempre que estou assim, sou obrigada a sentar-me e começar a refletir sobre o que esteja a me incomodar. Digo que sou obrigada pois sentar e refletir não tem muito haver com meu jeito de ser, acho que colocar a culpa no signo que me rege é uma boa desculpa. Sou uma ariana tipica e ficar parada, meditando sobre algo é uma qualidade que ainda preciso adquirir. Agir, fazer logo alguma coisa, costuma ser mais fácil pelo menos para mim. 

E a poesia de hoje foi uma forma que encontrei para colocar para fora, o que estava sentindo. Como disse...fazer alguma coisa tem mais a haver comigo.

MARCAS EM MEU CORPO

A de hoje vai ser assim
Sem parar pra pensar
Vomitado
Mas, sem pressa

Minha barriga possui marcas de quem já gerou dois filhos;
Minha vulva, tem a abertura de quem já pariu dois filhos;
Os meus seios, possuem marcas de quem já amamentou dois filhos;
Olha as marcas, são as marcas, nesse corpo nada inerte

Mas não se enganem
Essas marcam
Nunca param
Nuca somem

Essas marcas me ensinaram
Que ter pressa as vezes doí
E são elas que ensinam
Que preciso ter mais voz

São as marcas que sussurram
Em cada um dos meus ouvidos
Não precisa mais correr...
Não desistir ainda é o melhor caminho!

Essas marcas
Que não somem
Estou nem ai pra o que dizem
Esses machos
Esses alfas
De tão pouco sobrevivem

Vocês não sabem
Mas foram são elas
Que despertam coisas em mim
Certas coisas que nunca imaginei possuir

Hoje termino assim
Sem presa
Mas vomitado
Há muitas marcas em meu corpo
Que ninguém vai descobrir

Samadar Kintê
Novembro/2014

You May Also Like

0 comentários

Quero muito sabe o que você achou, não vai antes de me contar viu!